Vitória do Tomatinho

tomatinhoNa quarta safra o tomate cereja vingou.

Em outubro de 2011 Maria Marinea, conhecida como Leia, iniciou a plantação de tomatinho  na mesma época que o pai.  Na realidade competindo com ele, ela plantando sem agrotóxicos, lá no sítio, e ele em suas terras usando adubo químico e agrotóxico, segundo sua experiência como produtor convencional.

A troca de informações sobre o crescimento dos tomatinhos se deu dia após dia. A primeira colheita iniciou boa para as duas plantações, mas depois a chuva chegou forte e o fungo atacou a ambos. Nem veneno deu certo na plantação convencional. Empate. Ambos colheram e viram os pés morrerem na mesma época.

Sem desanimar continuamos plantando nos anos subsequentes, mas a época e o manejo não se mostraram adequados. Por dois anos consecutivos os tomatinhos não vingaram, e os vimos definhar verdes nos pés. Perda total.

Este ano, de 2014, as mudas foram para estufa em final de agosto. Recém plantados o vendaval colocou a estufa no chão. Mas o novo manejo com plástico e irrigação apenas nas raizes se mostrau adequado e nos propiciou uma boa safra e bom aprendizado.

Vitória do tomatinho que venceu o vendaval e a últimas chuvas graças  aos cuidados zelosos de Lea, Roney, Erly e Sassa e à orientação precisa de Wagner.

Sucesso de público, teve até dia de oferta na feira da URCA, tomate cereja orgânico com bandeja a R$4,00.

04 de dezembro de 2014